"Falar sem aspas, amar sem interrogação, sonhar com reticências, viver sem ponto final."
Charles Chaplin. 
"Embora eu queira muito, mesmo eu querendo em dobro, não há como querer por você."
Gabito Nunes.  (via classificador)
"Encosta tua cabeça no meu peito, entrelaça tua mão nos meus cabelos, põe tua perna entre a minha, une teu amor ao meu."
I’ll never stop loving you. 
"Em fração de segundos, aquele amor tornou-se tão intenso, que era capaz de parar o tempo; e tão forte que se quisesse, conseguiria fazer o mundo girar no sentido contrário."
I’ll never stop loving you. 
"Mas se a ciência provar o contrário, e se o calendário nos contrariar, mas se o destino insistir em nos separar, danem-se os astros, os autos, os signos, os dogmas. Os búzios, as bulas, anúncios, tratados, ciganas, projetos, profetas, sinopses, espelhos, conselhos, se dane o evangelho e todos os orixás. Serás o meu amor, serás, amor, a minha paz, consta na pauta, no Karma, na carne, passou na novela, está no seguro, picharam no muro, mandei fazer um cartaz, serás o meu amor, serás a minha paz."
Chico Buarque.
"Eu te amo. Mesmo negando. Mesmo deixando você ir. Mesmo não te pedindo pra ficar. Mesmo estando longe, eu te amo. E amo mesmo."
Caio Fernando Abreu. 
"Tudo bem se não deu certo, eu achei que nós chegamos tão perto, mas agora com certeza eu enxergo, que no fim eu amei por nós dois."
Nenhum de Nós.
"Li em algum lugar que há uma regra de decoração que merece ser obedecida: para onde quer que se olhe, deve haver algo que nos faça feliz."
Martha Medeiros.  
"De repente, estou só. Dentro do parque, dentro do bairro, dentro da cidade, dentro do estado, dentro do país, dentro do continente, dentro do hemisfério, do planeta, do sistema solar, da galáxia — dentro do universo, eu estou só. De repente. Com a mesma intensidade estou em mim. Dentro de mim e ao mesmo tempo de outras coisas, numa sequência infinita que poderia me fazer sentir grão de areia. Mas estar dentro de mim é muito vasto."
Caio Fernando Abreu.
"Eu fico feliz com pequenos carinhos, não precisa me dar o mundo – só precisa ser meu mundo."
Caio Augusto Leite.
"Escreva. Seja uma carta, um diário ou umas notas enquanto fala ao telefone, mas escreva. Procura desnudar a tua alma por escrito, ainda que ninguém leia; ou, o que é pior, que alguém acabe lendo o que não queria. O simples ato de escrever nos ajuda a organizar o pensamento e a ver com mais clareza o que nos rodeia. Um papel e uma caneta fazem milagres, curam dores, consolidam sonhos, levam e trazem a esperança perdida. As palavras têm poder."
Paulo Coelho.
"Eu sempre acho que cansei de ti, de mim, mas aí vem o amor e revigora."
Caio Fernando Abreu. 
"Não é mau este costume de escrever o que se pensa e o que se vê, e dizer isso mesmo quando não se vê nem pensa nada."
Machado de Assis.